quarta-feira, 15 de abril de 2015

REPRESENTANTES DO BNDES, FIERN E SEBRAE, VISITARAM SÃO JOSÉ DO SERIDÓ

Com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) acima da média do Rio Grande do Norte, figurando entre as cidades com a maior renda per capita do estado e índice de desemprego baixíssimo, São José do Seridó chama à atenção principalmente dos representantes de instituições como FIERN e BNDES.

Em pesquisa realizada pela FIRJAN (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro), São José do Seridó, foi considerada a melhor cidade para se morar do estado. Já quando perguntado aos São-Joseenses como se sentem por morar em São José do Seridó, 98,85% dos entrevistados, disseram a empresa de pesquisas Agora Sei, que são felizes em residir no município.

Com estes números oficiais em mãos, uma comitiva formada por representantes do BNDES, FIERN e SEBRAE, vieram visitar São José do Seridó, para conhecer de perto o que faz o município ter números tão expressivos e esta aprovação popular.

Na oportunidade a comitiva formada pelos representantes do BNDES Srs. Jimmy Lustosa e Ricardo Rodrigues, que fazem parte do corpo administrativo da Regional Nordeste, do SENAI o Diretor de Estratégia e Articulação, Sr. Walmir Marques, além do representante do SEBRAE, o Coordenador Rodolfo Barreto, foram recebidos pelo prefeito Jackson Dantas, empresário e vereador Jaedson Dantas, empresário e procurador do município, Ricardo Medeiros, e pelo Secretário do Trabalho, Habitação e Assistência Social, Francisco Touché, após visitarem algumas facções e fábricas do município.

Ao iniciar a reunião os representantes do BNDES perguntaram ao Prefeito Jackson Dantas qual a receita para tanto Sucesso? Sem titubear, Jackson Dantas respondeu:

“Devemos o sucesso primeiramente a população, que acreditou nas nossas propostas e nos elegeu por duas vezes. A excelente equipe de assessores que temos é outra referência, além das importantes parcerias com o setor privados, são detalhes que fazem a diferença. ”

Quando perguntado qual a influência que a geração de emprego e renda gera no município, Jackson disse:

“Tranquilidade para administrar, pois caso não existisse as facções e fábricas, dificilmente teríamos feito tanto por nosso município. Por isso, elenco as parcerias público x privado, como sendo um diferencial da nossa administração. ”

Já o representante do SENAI perguntou com se alcançar estes excelentes índices, números e posições no estado, o prefeito respondeu:

Investimos nas pessoas, por exemplo, nos professores, pagando o piso nacional sem questionar. Pagamento de salários em dia. Criação da previdência própria, quando estes ao se aposentarem não terão perdas. Investimentos em pavimentação e saneamento, quando pretendemos pavimentar e sanear o município em 100%. Reforma de escolas, inauguração de uma creche, estaremos em breve inaugurando o mini hospital, frota de automóveis, além da nossa preocupação com o homem do campo, com as crianças, jovens, idosos, enfim, temos assessores capacitados para gerir as políticas públicas, e sendo funcionário público de carreira, formado em administração, tenho pré-requisitos para fazermos esta boa gestão.”

Após as perguntas ao Prefeito Jackson Dantas, foi a vez dos visitantes perguntarem aos empresários Jaedson Dantas e Ricardo Medeiros, quais as maiores dificuldades enfrentadas hoje no município, quando estes apontaram algumas, sendo a mais urgente a questão de espaço físico.

“Mesmo algumas facções recebendo o apoio da prefeitura quanto a aluguéis e prédios cedidos, precisamos pensar numa estrutura maior, como um polo industrial por exemplo”, relataram os empresários.

Com o relato dos empresários, o BNDES apresentou ao Prefeito Jackson Dantas, linhas de créditos para investimentos municipais na área, como por exemplo a construção de um polo industrial. Foram debatidas taxas de juros, estudos, contratos, local para a construção do polo, enfim, tudo será estudado segundo o Prefeito Jackson Dantas.

Outro questionamento dos visitantes, foi quanto a relação de emprego, Programa Bolsa Família e Pronatec, pois os relatórios apontam que São José do Seridó é um dos municípios do RN que menos dependem dos benefícios do Governo Federal, inclusive sendo reconhecido com o Programa Porta de Saída. Respondendo aos questionamentos, falou o Secretário Francisco Touché:

“Nos últimos 02 anos capacitamos via Pronatec 388 são-joseenses, sendo o público alvo beneficiários dos programas sociais, destes 105 estão trabalhando na área que se capacitaram, mostrando que o Programa Porta de Saída, está no caminho certo. ”

Ao final da reunião que aconteceu no escritório da empresa Cia do Boné, muitos foram os elogios a administração municipal e ao espírito empreendedor da população são-joseense. O anfitrião, Jaedson Dantas e sua esposa Sueide Medeiros, ofereceram como lanche mel com filhós, sobremesa típica da região, que agradou os visitantes.

Fonte: www.saojosedoserido.com