domingo, 17 de fevereiro de 2013

Criminosos da facção que atacou SC são transferidos para Mossoró

37 detentos que fazem parte da facção criminosa Primeiro Grupo Catarinense (PGC) foram transferidos para o presídio federal de Mossoró. A facção é responsável pelos recentes ataques ocorridos em todo estado de Santa Catarina.

Blog O CâmeraNo total, 37 detentos foram transferidos para Mossoró
Contando com um forte esquema policial, os criminosos aterrisaram no Aeroporto Dix-sept Rosado na tarde de ontem (16) e um forte esquema policial levou o comboio ao presídio, que fica a menos de 10 quilômetros da zona urbana de Mossoró. Todos os detentos são considerados de alta periculosidade.

A medida foi determinada pelo Ministério da Justiça e objetivou conter os ataques em Santa Catarina. De acordo com o ministro José Eduardo Cardozo, não havia outra alternativa, já que os bandidos comandavam os ataques de dentro dos presídios catarinenses.

O Primeiro Grupo Catarinense é responsável pelos vários ataques ocorridos desde janeiro em Santa Catarina, tanto na capital Florianópolis quanto no interior do Estado.