segunda-feira, 11 de junho de 2012

Grupo de Escoteiros Manoel Dantas (Coquinha)

Por Ronaldo Macêdo


O Escotismo é um movimento educacional de jovens, sem vínculo a partidos políticos, voluntário, que conta com a colaboração de adultos, e valoriza a participação de pessoas de todas as origens sociais, etnias e crenças, de acordo com seu propósito, seus princípios e o Método Escoteiro concebido pelo Fundador Baden-Powell e adotados pela UEB – União dos Escoteiros do Brasil.


O propósito do Movimento Escoteiro é contribuir para que os jovens assumam seu próprio desenvolvimento, especialmente do caráter, ajudando-os a realizar suas plenas potencialidades físicas, intelectuais,, sociais, afetivas e espirituais, como cidadãos responsáveis, participantes e úteis em suas comunidades, conforme definido pelo seu Projeto Educativo.

Os principais Princípios do Escotismo são: Dever para com Deus; Dever para com o próximo; Dever para consigo mesmo.

Parte destes princípios a formação de vários grupos de Escoteiros em todo o mundo, no Brasil e no Estado do Rio Grande do Norte.

Desta forma, o Movimento do Escotismo chega à cidade de Cruzeta na década de 70. O primeiro grupo de Escoteiros, intitulado, Joaquim Lopes Pequeno surge através do MEB – Movimento Educacional de Base, sugerido por Antônio Veríssimo, cruzetense, que na época residia na cidade de Caicó-RN. Toinho, juntamente com o Sr. Reinaldo Carlos dos Santos, representante do MEB Regional, trouxe a ideia para o município de Cruzeta e no ano de 1977, criam o primeiro grupo que teve como chefes os jovens Manoel Dantas (Coquinha) e João Lázaro de Medeiros. Outros nomes figuraram a organização deste primeiro grupo como: Dr. Teixeira, Dequinha, Bibi, Eló Dantas, Marcelo Renato, Silvinho de D. Marta, José Dinarte, Doquinha, Kênedi, José Aparecido, Francisco Eduardo (Vivim), Ervam de Carlindo, Céssio Pereira, Irani Dantas, Ivanildo Dantas, Joaquim José de Medeiros, dentre outros.

1º GRUPO - 1977
Após este primeiro passo, surgem os grupos de Lobinhos, Escoteiro e Sênior, agregando outros jovens da época. O Grupo de Escoteiros era dividido pelas turmas Jacaré, Andorinha e Touro.

No início da década de 80 o grupo enfraqueceu e chegou a seu fim, muitos componentes casaram, outros mudaram para outras cidades e desta forma, o Movimento Escoteiro estagnou-se.
Após três décadas, o espírito do Escotismo ainda contagia os cruzetenses e no ano de 2012, através do Projeto “Escotismo nas Escolas” do governo do Estado do RN, surge um novo grupo de Escoteiros no município de Cruzeta com sede na Escola Estadual Joaquim José de Medeiros.
Desta forma, no dia 27 de maio de 2012, na quadra da referida escola, o grupo faz sua promessa na presença de autoridades do Escotismo Estadual, Regional e comunidade cruzetense.

INSIGNIA DO GRUPO MANOEL DANTAS/2012
Para a primeira turma fizeram a promessa os Escoteiros:
RAMO LOBINHO – Hailton Vicente Pereira Dantas, Leonor Dantas Jacinto, Luizete Pereira de Assis, Maria José de Araújo Medeiros.
TROPA DE ESCOTEIROA – Cledson Bezerra de Medeiros, Ana Josefa de Medeiros Macêdo, Francisca Bezerra.
TROPA JÚNIOR – Henrique Aguiar Diniz, Ronaldo Macêdo, Aníbal Maia, José Aparecido de Medeiros.

Para o presente grupo fora constituída uma Diretoria:
DIRETOR PRESIDENTE – Pe. Héliton Marcone
PRESIDENTE DE HONRA – Geruza Ferreira.
SECRETÁRIA DE FINANÇAS – Ana Josefa de Medeiros Macêdo
FISCAIS FINANCEIROS: Ronaldo Macêdo e Luizete Pereira de Assis.